Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Imagens » Projeto realizado - Oficina de criação tambores, RO.

Imagens

Projeto realizado - Oficina de criação tambores, RO.

Crédito: Alba Rodrigues - Projetos 21
Próxima
Imagem 1 de 25
Verde inspiração
Visualizações: 2.544
Gostou?! Então vote!
  • 0 pessoas votaram Sim
  • 0 pessoas votaram Não
Descrição:

A partir da experiência e aprendizados adquiridos por Paulinho Rodrigues, quando morou em São Paulo capital e criou as bandas Terramérica e Tarumã, que resgatavam a música de raiz brasileira, de raízes latino-americanas e do folclore ameríndio, com autores e também de domínio popular, quando do seu retorno para a terra natal - Porto Velho em Rondônia, sul da Amazônia brasileira, foi possível dar continuidade e através de muita pesquisa, criou os TAMBORES DO TRACOÁ (ver texto sobre o Projeto Waku\'mã). Os tambores foram confeccionados em equipe, mas que tem apenas alguns registros fotográficos de autoria de Paulinho Rodrigues e Tácio de Brito (Diretor de palco da Waku\'mã). Em momento lúdico, há nas fotografias presença de Túlio, na época o \"mascote\" da Waku\'mã.  A memória da produção dos tambores, foi uma pesquisa de Alba, junto ao acervo de fotos familiares preservadas por Rosa Silva (ex-colaboradora da Waku\'mã na confecção , manutenção e reformas de indumentárias e adereços) que gentilmente cedeu as mesmas, para compor essa página. As fotos seguintes são memórias de alguns momentos de apresentação do Show Tambores do Tracoá, onde o Tambor tem destaque, estes  prontos, com grafismo inspirado na cerâmica marajoara, e o símbolo do Muiraquitã - anfíbio de jade, onde as Amazonas cultuavam a fertilidade. Conforme definições ...\" Os muiraquitãs têm fascinado os homens há centenas de anos. Segundo o estudioso paraense Frederico Barata a palavra muiraquitã “é vocábulo adaptado do tupi ou da língua geral” (28), e a sua grafia atual teve surgimento no século XIX, pois a palavra sofreu corruptelas e distorções por missionários e cientistas desde o século XVII.  Quanto ao significado da palavra as controvérsias permanecem até hoje, pois não havendo uma grafia original, o significado atual do termo muiraquitã, perde o seu valor. Existem porém tentativas de tradução como as: nó de pau, pedras verdes do rio, pedra de chefe, botão de gente e pedra de gente. \"

Esse conteúdo foi criado por:
Autorizado por:

Waku'mã Produções Artisticas e Culturais em 10.09.2009 às 11h06

Direitos Autorais:
Este Conteúdo faz parte dos canais:

Este conteúdo tem 0 Comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal iTEIA reserva-se no direito de apagar as mensagens.

Deixe um comentário








Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo